• Treinamento de "inbounds" deste ano 2013.

    Qui, 17 de Outubro de 2013 08:42
  • Primeiro RYLA Nacional

    Ter, 15 de Setembro de 2009 20:36
  • seleção de intercâmbio

    Sex, 11 de Julho de 2014 17:11
  • Programa de Longo Prazo

    Ter, 15 de Setembro de 2009 20:34
  • Jovens do Distrito 4530 finalizam os preparativos para o intercâmbio 2010/2011

    Sex, 24 de Julho de 2009 21:00

SEGUROS SAÚDE E DE VIDA

Valores mínimos de seguro exigidos pelo Rotary International para os participantes do Intercâmbio de Jovens pelo Rotary:

Os responsáveis legais de cada participante devem concordar em assumir o pagamento de todos os custos médicos. Além disso, devem adquirir seguro saúde e de acidentes pessoais para o intercambiado, sendo que as Apólices devem ser consideradas adequadas pelo Clube ou Distrito anfitrião. Como o Clube ou Distrito anfitrião deve ter a habilidade de providenciar atendimento médico imediato quando for necessário, tal Clube/Distrito deve ter a certeza de que o contrato de seguro do intercambiado irá garantir o pagamento dos gastos incorridos. A apólice deve proporcionar pelo menos o equivalente a US$ 500.000,00 (quinhentos mil dólares) para despesas médicas resultantes de doença ou acidente, e pelo menos US$ 10.000,00(dez mil dólares) em caso de morte acidental.

Independentemente de outros benefícios proporcionados, a apólice de seguro deve:

1) Ser válida desde a partida o estudante do seu país até o retorno do mesmo.
2) Proporcionar, em caso de morte do estudante, pelo menos US$ 10.000,00 (dez mil dólares) para repatriação dos restos mortais ou cremação no Distrito anfitrião.
3) Cobrir custos razoáveis de transporte e alojamento incorridos por um parente próximo ou amigo que viaja até o local onde o estudante se encontra ou junto com o mesmo, permanece com ele ou o acompanha em caso de doença ou ferimento grave, ou morte.
4) Garantir pagamento direto ao provedor de serviços médicos através de uma organização idônea de atendimento médico internacional.
5) Proporcionar pelo menos US$ 50.000,00 (cinquenta mil dólares) para transporte necessário em caso de emergência ou evacuação do estudante em caso de doença séria ou lesão corporal.
Seguro padrão para os estudantes que vão para os Estados Unidos da América.

Considerações sobre os Seguros:

1) OUTBOUNDS (jovens brasileiros que viajam): Normalmente, a maioria dos países com quem temos intercâmbio EXIGE que o Seguro seja comprado pelo nosso jovem lá no exterior, quando chegam. Usualmente, a informação de quanto custará e quais as condições de cobertura do Seguro são informadas, quando do recebimento do Guaranttee Form. o qual é repassado ao jovem e a sua família para a obtenção do VISTO na Embaixada correspondente. Nesse momento, com a informação em mãos, a família já deverá se prevenir e reservar a importância adequada para que o jovem adquira o Seguro, tão logo chegue ao seu destino. Normalmente, também, as informações de como adquirir o Seguro vêm juntas, o que facilita o processo para a família. Quando não vem nenhuma informação, recomenda-se que o procedimento seja o mesmo, isto é, que a família do jovem reserve dinheiro para que ele possa comprar o Seguro, tão logo chegue ao exterior. O valor pode ser estimado por nós, em função da experiência dos membros da Comissão, ao longo dos anos, em aproximadamente US$ 500.00 (quinhentos dólares americanos), para a aquisição de um Seguro compatível com as normas padrões de atendimento médico-hospitalar e de pecúlios, conforme acima descrito de modo genérico. Para a compra do seguro no exterior, o estudante deve fazer um seguro de pelo menos 15 dias e de viagem para que tenha tempo hábil para contratar o seguro no exterior.

2) INBOUNDS (jovens estrangeiros que chegam ao nosso Distrito): Praticamente TODOS os estrangeiros trazem as suas APÓLICES de Seguro. Com certeza, todas estão escritas nas línguas de seus países de origem. Muitas estão em inglês, pois temos intercâmbio com vários países de língua inglesa. No entanto, independentemente da língua em que está escrita a Apólice, recomendamos o seguinte, a todas as FAMÍLIAS HOSPEDEIRAS:
2.1 - Tão logo o jovem estrangeiro cheque a sua casa, no primeiro dia mesmo, peça a ele que lhe mostre a Apólice que trouxe. Se não tiver, comunique imediatamente ao Clube de Rotary e a nossa Comissão, para providências. Pode, também, a própria família, entrar em acerto com o jovem e, ou pedir que a família dele do exterior providencie urgentemente a compra do Seguro, a qual negligenciaram ou esqueceram e envie a apólice o mais rápido para o Brasil, ou que autorize a aquisição de um Seguro compatível, aqui no nosso Distrito;
2.2 - Se o jovem tiver a apólice, tire logo uma cópia e providencie, o mais rápido possível, uma reunião com ele para que o mesmo possa explicar, de modo objetivo e sintético, tudo o que for mais importante na Apólice para o pronto atendimento médico, em caso de necessidade, bem como o modo correto de operar a burocracia que se faz necessária para o reembolso das despesas. Anote tudo num papel e fique com ele disponível, o tempo todo, em seu bolso ou em casa, em lugar conhecido por todos da família. Nunca sabemos quando uma EMERGÊNCIA vai ocorrer. Quando ocorre, temos que ser ágeis. De repente, uma vida vai depender de nossa ação urgente. PENSE NISSO E NÃO ESQUEÇA DE SE PREVENIR.
2.3 - FAMÍLIA ANFITRIÃ: Por favor, não deixe de agir conforme explicamos nos dois itens acima. Caso contrário, seus problemas serão grandes e as nossas dificuldades, também, para lhes ajudar.
2.4 - PRIMEIRA FAMÍLIA ANFITRIÃ: Por favor, passe a cópia da Apólice e suas anotações para as famílias seguintes.